29/11/2021

'Dia da Onça-pintada' tem programação em homenagem a animal morto com mais de 50 tiros de chumbinho

 Projeto ambiental promove palestras e exibe documentários online que reforçam importância da conservação da espécie. PF ainda investiga morte do “Máscara”, localizado em julho em córrego entre Guapiara e Capão Bonito (SP).




O Dia Nacional da Onça-pintada é comemorado nesta segunda-feira (29) e um projeto ambiental que monitora animais no Contínuo de Paranapiacaba está realizando uma série de atividades para reforçar a importância da conservação da espécie.


Neste ano, o tema escolhido para a semana de eventos foi “Máscara, presente!”, em homenagem à onça-pintada que foi encontrada morta com mais de 50 perfurações de chumbo de espingarda em um córrego no limite entre Guapiara e Capão Bonito, no interior de São Paulo.


O Máscara era monitorado por um projeto do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) em parceria com a Fundação Florestal. Segundo os pesquisadores, ele era fundamental para a sobrevivência da espécie na região.




Kátia Pisciotta, assessora técnica da Fundação Florestal, conversou com o g1 sobre a programação, que teve início no último dia 22. Nesta segunda-feira (29), o evento conta com palestras e mini documentário.


Em Capão Bonito, a prefeitura vai promover, neste sábado, uma série de palestras sobre conscientização ambiental no auditório da Fatec. Das 8h às 9h, a palestra sobre as onças-pintadas será realizada pela analista ambiental Beatriz de Mello Beisiegel, do ICMBio.


O projeto também conta com atividades online disponibilizadas no perfil do grupo no Instagram. Entre os destaques, está uma série de minidocumentários com o relato de moradores sobre a relação deles com as onças-pintadas e um vídeo especial sobre a historia do Máscara (veja acima).


Morte do Máscara


A onça-pintada conhecida como "Máscara" foi encontrada morta no dia 5 de julho às margens da Rodovia Penteado de Camargo (SP-250). A suspeita é de que ela tenha sido morta na área rural e transportada de veículo até a ponte na rodovia, de onde foi jogada para o córrego.



Conforme observado pelos pesquisadores através das “armadilhas fotográficas”, câmeras escondidas na mata, Máscara estava com um ferimento na pata direita e andava mancando. Por causa disso, estaria caçando presas “mais fáceis” e incomodando fazendeiros.


A coordenadora do projeto informou que vinha trabalhando com os proprietários rurais para afastar o animal das suas criações sem que houvesse conflito. Os moradores receberam equipamentos como luzes automáticas, buzinas de propano e cercas elétricas.


Além disso, os pesquisadores estavam se organizando para fazer a captura e o tratamento da onça, devido ao estado de saúde dela. No entanto, Máscara foi morto dias antes.


De acordo com a Polícia Federal, um inquérito foi instaurado para apurar a situação e exames constataram que a onça foi abatida com utilização de arma de fogo.


O crime de matar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória sem permissão tem pena de detenção de seis meses a um ano, e multa. No entanto, a PF informou que essa pena pode ser aumentada caso o crime praticado seja contra uma espécie rara ou considerada ameaçada de extinção, que é o caso da onça-pintada.


Kátia Pisciotta contou que, depois da perícia, o corpo do Máscara foi congelado e será utilizado para estudos. A ideia é retirar a pele do animal e montar um esqueleto.


“Identificar quem são as onças que moram no Contínuo do Paranapiacaba é algo muito forte no nosso projeto, e a gente identifica pela análise das rosetas, na mesma perspectiva da impressão digital. As marcas de uma nunca vão ser iguais as da outra. São animais individualizados com suas história de vida, e o material do Máscara conta sobre a história de vida dele”, completa.


Fonte: G1

24/11/2021

Caso Lorrane: Laudo aponta que morte não tem relação com torção no tornozelo

 Delegado diz que criança teve infecção generalizada e que ainda apura possível negligência médica.



Família de Lorrane Victória de Pontes, de 7 anos, denunciou omissão de hospital em Capão Bonito (SP), onde a menina teria sido atendida após cair na escola. 


A Polícia Civil de Capão Bonito (SP) informou, nesta quarta-feira (24), que o laudo necroscópico apontou que Lorrane Victória de Pontes morreu por uma infecção generalizada e não teve relação com a torção que a menina tinha no tornozelo. 


A criança de 7 anos tinha sido levada até a Santa Casa da cidade no fim do mês passado por ter se machucado na escola onde estudava, conforme um tio dela relatou ao g1.


Na época, a família denunciou descaso por parte do hospital, já que buscou atendimento médico três vezes e Lorrane só foi atendida por uma pediatra no terceiro dia. Um boletim de ocorrência foi registrado, e a Polícia Civil passou a investigar o caso.


Nesta quarta (24), o delegado responsável pelas investigações explicou que, apesar da menina apresentar vômito e diarreia nos dois primeiros dias em que buscou atendimento no hospital, os médicos focaram no tratamento do tornozelo dela.


Por isso, a Polícia Civil trabalha para identificar o que causou a infecção generalizada em Lorrane e se a doença poderia ter sido descoberta pelos dois primeiros médicos que a atenderam, configurando uma possível negligência.


O delegado disse ainda que, apesar da torção no tornozelo, também não ficou comprovado que a menina caiu na escola onde estudava.


Morte e repercussão


O caso de Lorrane ganhou repercussão nas redes sociais no início do mês. Em entrevista ao g1, o tio de Lorrane, Rubens Silvério da Silva, explicou que a menina se machucou na escola no dia 28 de outubro, e a mãe foi comunicada para buscá-la.


Ele disse que a mulher levou a filha à Santa Casa, onde a criança fez um exame de raio-X, foi medicada e enviada de volta para casa. Conforme a família, Lorrane estava com dores na perna, vomitando e com febre, e os médicos disseram que poderia ser uma virose.





Segundo o tio, a perna da menina começou a ficar mais inchada e a mãe a levou ao hospital novamente no dia seguinte. Dessa vez, ele contou que os médicos colocaram uma tala na perna de Lorrane e a liberaram.


Na terceira vez em que a menina foi levada à Santa Casa, no último dia 31, Rubens contou que a sobrinha foi atendida por uma pediatra. De acordo com a família, a menina estava com a boca roxa e precisou de oxigênio.


A família contou que Lorrane fez exame de raio-X no estômago e que a médica percebeu que o fígado dela estava inchado. Na sequência, a profissional solicitou que ela fosse transferida para Sorocaba para novos exames, e a menina morreu a caminho do hospital.


Na época, em nota à Tv Tem, a Santa Casa de Capão Bonito confirmou que Lorrane foi atendida pela instituição nos dias 29, 30 e 31 de outubro, mas negou que houve omissão no atendimento.


Segundo a unidade, "no terceiro atendimento, constatou-se tratar-se de caso potencialmente grave em decorrência dos sinais e sintomas apresentados e, prontamente, foi solicitada vaga de transferência via CROSS, que foi concedida para o Hospital Regional de Sorocaba".


A Santa Casa informou que a paciente foi acompanhada durante o transporte por médica especialista e morreu durante a remoção.


A instituição também disse que decidiu encaminhar o corpo ao IML para esclarecer a causa da morte e que, no momento, era "precipitada qualquer especulação e conclusão". A unidade também lamentou a morte de Lorrane, disse que se solidariza com familiares e amigos e que uma sindicância médica iria apurar todos os detalhes dos atendimentos.


Fonte: G1

23/11/2021

Corpo de mulher é encontrado embaixo de tronco de árvore no Jardim Vale Verde

Vítima estava de bruços, próximo a um córrego no Jardim Vale Verde, e as causas da morte dela serão investigadas pela Polícia Civil.

O corpo de uma mulher foi encontrado nesta terça-feira (23/11) no Jardim Vale Verde, em Capão Bonito (SP). Segundo a polícia, a vítima estava de bruços embaixo de um tronco de árvore caído.

A Polícia Militar informou que foi acionada pela manhã e foi até o local, assim como a Polícia Civil e equipes da perícia de Itapeva.

Até a tarde desta terça-feira (23), a mulher ainda não tinha sido identificada. As causas da morte dela serão investigadas

01/11/2021

Menina de 7 anos morre após cair em escola e passar três vezes por atendimento em hospital

 Segundo a família, Lorrane Victória de Pontes torceu o joelho na escola em Capão Bonito (SP) e a mãe a levou na Santa Casa, onde foi medicada e liberada. Hospital nega omissão no atendimento.


Uma menina de 7 anos morreu depois de torcer o joelho na escola e passar três vezes por atendimento médico na Santa Casa de Capão Bonito (SP). As informações são do tio da criança, que acredita que houve descaso por parte do hospital da cidade.




Rubens Silvério da Silva Júnior contou ao g1 que Lorrane Victória de Pontes se machucou na escola onde estuda, em Capão Bonito, e a mãe foi comunicada para buscá-la. Ele disse que a mulher levou a filha à Santa Casa, onde a criança fez um exame de raio-X, foi medicada e enviada de volta para casa.


Conforme a família, Lorrane estava com dores na perna, vomitando e com febre, e os médicos disseram que poderia ser uma virose.


Segundo o tio, a perna da menina começou a ficar mais inchada e a mãe a levou ao hospital novamente no dia seguinte. Dessa vez, ele contou que os médicos colocaram uma tala na perna de Lorrane e a liberaram.


Na terceira vez em que a menina foi levada à Santa Casa, neste domingo (31), Rubens contou que a sobrinha foi atendida por uma pediatra. De acordo com a família, a menina estava com a boca roxa e precisou de oxigênio.


A família contou que Lorrane fez exame de raio-X no estômago e que a médica percebeu que o fígado dela estava inchado. Na sequência, a profissional solicitou que ela fosse transferida para Sorocaba para novos exames, e a menina morreu a caminho do hospital.


"Foi descaso porque não tem pediatra. Só no terceiro atendimento que teve. E dava tempo, eu acredito muito que dava tempo", desabafa o jovem.


Em nota à Tv Tem, a Santa Casa de Capão Bonito confirmou que Lorrane foi atendida pela instituição nos dias 29, 30 e 31 de outubro, mas negou que houve omissão no atendimento.


Segundo a unidade, "no terceiro atendimento, constatou-se tratar-se de caso potencialmente grave em decorrência dos sinais e sintomas apresentados e, prontamente, foi solicitada vaga de transferência via CROSS, que foi concedida para o Hospital Regional de Sorocaba".


A Santa Casa informou que a paciente foi acompanhada durante o transporte por médica especialista e morreu durante a remoção.


A instituição também disse que decidiu encaminhar o corpo ao Instituto Médico Legal (IML) de Itapetininga para esclarecer a causa da morte e que, no momento, "é precipitado qualquer especulação e conclusão".


A unidade também lamentou a morte de Lorrane, disse que se solidariza com familiares e amigos e que uma sindicância médica vai apurar todos os detalhes dos atendimentos.


"Capão Bonito inteiro está de luto. A cidade inteira está comentando. A falta de médico é frustrante porque hoje aconteceu com a minha sobrinha, não sei se amanhã pode acontecer com outro. Não é a primeira vez que a gente reclama de falta de médico. A gente precisa que o prefeito tenha um posicionamento", relata o tio de Lorrane.


A prefeitura de Capão Bonito lamentou a morte da criança nas redes sociais e disse que está assistindo e apoiando a família de todas as formas. Afirmou ainda que aguarda o resultado do laudo pericial, elaborado para apurar a causa do óbito, para tomar as medidas necessárias.




De acordo com a Polícia Civil, um boletim de ocorrência foi registrado e o caso será investigado pelas autoridades. Para o tio, é necessário apurar as responsabilidades da Santa Casa e também da escola onde a menina se machucou.


Moradores de Capão Bonito marcaram para sábado (6) um protesto para cobrar melhorias no sistema de saúde da cidade. Nas redes sociais, o Centro de Assistência Social de Capão Bonito também fez uma postagem se solidarizando com a família da Lorrane, que era assistida pela entidade.


Fonte: G1

Motorista é preso em Capão Bonito após ser flagrado com arma de fogo em rodovia

Polícia Rodoviária encontrou o revólver sob o banco do motorista após abordagem na praça de pedágio da Rodovia Francisco da Silva Pontes (SP-127).

Um homem foi preso nesta sexta-feira (29) após ser flagrado com uma arma de fogo durante uma abordagem policial na Rodovia Francisco da Silva Pontes (SP-127), em Capão Bonito (SP).

De acordo com a Polícia Rodoviária, a equipe estava fazendo fiscalização na praça de pedágio e abordou o motorista de um veículo com placas de Leopoldina (MG). Dentro do carro, os policiais encontraram um revólver com seis munições intactas, escondido sob o banco do motorista.

Ainda conforme a polícia, o condutor não tinha nenhuma documentação da arma de fogo e, por isso, foi preso em flagrante por porte ilegal.


31/10/2021

Veículo que transportava paciente de Ribeirão Branco se envolve em acidente em rodovia de Capão Bonito

Segundo a prefeitura de Ribeirão Branco, motorista que seguia no sentido contrário invadiu a contramão e bateu de frente com o veículo da Secretaria de Saúde, em Capão Bonito (SP).


Um carro oficial da prefeitura de Ribeirão Branco (SP) se envolveu em um acidente na tarde desta sexta-feira (29) na Rodovia Sebastião Ferraz de Camargo Penteado (SP-250), em Capão Bonito.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, dois carros bateram de frente e quatro pessoas tiveram ferimentos leves, sendo três mulheres e um homem. Todos foram socorridos e encaminhados à Santa Casa de Capão Bonito.

A prefeitura de Ribeirão Branco confirmou que o veículo era do município e disse que ele estava sendo utilizado para levar uma paciente à Sorocaba. No carro estavam o motorista, um técnico de enfermagem, a paciente e o marido dela.

Conforme a prefeitura, o carro que seguia no sentido contrário entrou na contramão e bateu de frente com o veículo da Secretaria de Saúde. O município informou que o motorista teve ferimentos nas mãos e os demais ocupantes tiveram apenas escoriações.

Ainda segundo a administração municipal, o motorista e o técnico de enfermagem já estão em casa, enquanto a paciente e o acompanhante viajaram para Sorocaba para realizar o procedimento clínico que estava previsto.



25/10/2021

Capão Bonito irá emitir carteira de identificação que possibilita atendimento prioritário para autistas

 Segundo a prefeitura, não há data limite para a solicitação do cartão. Interessados devem realizar cadastro na unidade do CAMP, localizado na Rua 24 de Fevereiro, 609.


Os moradores de Capão Bonito (SP) podem solicitar uma carteira de identificação gratuita que possibilita o atendimento prioritário em estabelecimentos públicos e privados às pessoas que apresentam o Transtorno do Espectro Autista.


Segundo a prefeitura, a iniciativa conta com o apoio do Centro de Atendimentos Multifuncional Pedagógico (CAMP) e não há data limite para a solicitação do cartão.


Os interessados devem realizar o cadastro na unidade do CAMP, localizado na Rua 24 de Fevereiro, 609. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.


Para obter o cartão, é necessário apresentar atestados médicos, fotos 3x4, cópias dos documentos pessoais e um comprovante de endereço. Ainda segundo a prefeitura, menores de idade devem estar acompanhados do representante legal.


Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3542-5647.






Mutirão de orientações jurídicas acontece em Capão Bonito

Ação trata de temas como aposentadoria, auxílio-doença e auxílio emergencial, com o objetivo de facilitar o acesso da população a direitos assegurados pela legislação.


 Por meio de uma parceria firmada entre a Secretaria Municipal de Assistência Social e a Defensoria Pública da União (DPU), Capão Bonito (SP) vai sediar um mutirão de orientações jurídicas gratuitas. O evento será de segunda (25) até quarta-feira (27).


De acordo com a prefeitura, as orientações serão sobre temas como aposentadoria, auxílio-doença, auxílio emergencial, Benefício de Prestação Continuada (BPC/LOAS), pensão por morte e demais demandas na esfera federal.


A ação tem como objetivo facilitar o acesso da população a direitos assegurados pela legislação e é uma oportunidade para quem busca esclarecimentos e ajuda na obtenção destes benefícios.


Para participar do mutirão, os moradores devem ir até o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) com documentos pessoais, comprovante de endereço atualizado e documentação relativa ao benefício pretendido.


O CRAS fica na Avenida Massaichi Kakihara, nº 1560. O evento será das 13h às 17h na segunda-feira (25) e das 8h30 às 11h30 e das 13h às 17h nos outros dois dias.




17/10/2021

Acidente na rodovia de Guapiara deixou motociclista ferido

 Em Guapiara (SP), um motociclista foi socorrido e levado para o hospital após bater de frente com um carro. O acidente foi no km 277 da rodovia Sebastião Ferraz de Camargo Penteado, neste sábado.


De acordo com a Polícia Rodoviária, o motorista do carro disse que a moto invadiu a pista contrária quando bateu de frente com o veículo que dirigia.


O motociclista foi atendido pelo Samu com um ferimento na perna. O motorista do carro não se feriu.




16/10/2021

Rapaz é preso em Buri por agredir companheira durante discussão

A Guarda Municipal informou que a vítima deu entrada no Pronto Atendimento da cidade com o rosto desfigurado, escoriações e hematomas pelo corpo.

Um rapaz de 23 anos foi preso em flagrante suspeito de agredir a companheira dele durante uma discussão na madrugada deste sábado (16), em Buri (SP).

De acordo com a Guarda Civil Municipal (GCM), a equipe foi acionada pelo Pronto Atendimento da cidade, onde uma mulher deu entrada com o rosto desfigurado, escoriações e hematomas pelo corpo.

A vítima contou aos guardas que estava bebendo com amigos quando ela e o companheiro começaram uma discussão. Segundo a mulher relatou à GCM, o homem começou a agredi-la e ela tentou se defender, inclusive utilizando uma garrafa.

Diante disso, a GCM foi até o local onde estava o companheiro da vítima e ele foi preso em flagrante por violência doméstica. Um boletim de ocorrência foi registrado, e o suspeito ficou à disposição da Justiça.

Acidente na rodovia de Capão Bonito deixa motorista ferido

Segundo a Polícia Rodoviária, condutor do carro teve um mal súbito e invadiu a pista contrária na Rodovia Francisco Alves Negrão. Caminhoneiro não se feriu. 


Um homem de 48 anos ficou ferido depois de bater o carro na lateral de um caminhão nesta sexta-feira (15) na Rodovia Francisco Alves Negrão, em Capão Bonito (SP).


De acordo com a Polícia Rodoviária, o motorista do carro teve um mal súbito e acabou invadindo a pista contrária da rodovia, no quilômetro 228. A polícia informou que o caminhoneiro tentou desviar, mas o carro bateu nas rodas traseiras do veículo.


Segundo a polícia, o motorista do carro foi socorrido em estado grave ao hospital de Capão Bonito, e o caminhoneiro não se feriu. De acordo com a Santa Casa, o paciente estava estável até a noite desta sexta-feira (15) e aguardava transferência.






10/10/2021

Curso de Processamento Artesanal de Carne Suína acontecerá em Capão Bonito

Faesp, SENAR e Sindicato Rural (Patronal) de Capão Bonito realizam nos dias 17, 18 e 19 de novembro, mais um interessante curso de qualificação – Processamento Artesanal de Carne Suína.

O curso ensinará técnicas para transformar a carne suína em embutidos, curados, cominuídos, pururuca e defumados, por meio de técnicas artesanais para o consumo familiar.

Será totalmente gratuito, inclusive com o fornecimento de lanche e certificado.

O pré-requisito é ter idade mínima de 16 anos no horário das 8 às 17 horas.

Maiores informações no Sindicato Rural de Capão Bonito, localizado na avenida Plácido Baptista da Silveira no. 371 ou pelos telefones 35422466, 99615-0223 e 99681-6886.


Voltar ao topo ↑
© 2016 Portal Capão Bonito - Noticiário Digital - IMEDIATA ® - Todos os direitos reservados.
Contato: portalcapaobonito@hotmail.com | Capão Bonito - SP